Brasil ocupa 56a. posição no Logistics Performance Index 2018


Nós, da HRM Logística, buscamos constantemente entender como podemos contribuir com a melhoria da performance logística de nossos clientes e parceiros.


Sabemos, que no Brasil, ainda temos grandes desafios logísticos, e por isso, enormes oportunidades de melhorar.


Alguns dos desafios e oportunidades que temos, podem ser vistos no Logistics Performance Index 2018, relatório divulgado pelo Banco Mundial.


O LPI mede o desempenho, ao longo da cadeia logística de um país, considerando 6 dimensões:


1. Eficiência dos processos logísticos (velocidade, simplicidade ...)

2. A qualidade da infra-estrutura de comércio e transporte;

3. Eficiência das operações logísticas internacionais

4. Competência e qualidade logística dos prestadores de serviço;

5. Capacidade de rastreamento da encomenda;

6. Entregas realizadas dentro do prazo acordado com o cliente;


O LPI analisou 160 países (veja o quadro abaixo) e, em 2018, tivemos a Alemanha como o país com melhor LPI, tendo atingido 4,20 pontos.



O Brasil, ocupa a 56º. colocação tendo um LPI de 2,99 pontos, tendo portanto um desafio e uma oportunidade de ascender a novas posições.


Por exemplo, nosso vizinho Chile, ocupa a 34º. colocação com um LPI de 3,32


O relatório completo pode ser visto em https://lnkd.in/ewS2kYT



Hélio Meirim - CEO da HRM Logística Consultoria & Treinamento, tendo atuado, por mais de 20 anos, no Brasil e no exterior, em cargos executivos de empresas nacionais e multinacionais nos segmentos de Operadores Logísticos, Transportadores, Varejo, E-Commerce, Indústria Farmacêutica, Alimentícia, Siderúrgica, Química e Agrobusiness. Mestre em Administração, é estudante, pesquisador, professor, escritor e palestrante em diversos eventos nacionais e internacionais. Coordena a Comissão de Logística do Conselho Regional de Administração – RJ e é fundador do Clube da Supply Chain.

Por dois anos recebeu a moção honrosa por serviços relevantes prestados à profissão de Administrador, concedida pela ALERJ – Assembleia Legislativa RJ.



Últimos posts

© 2018 by JS+